Quando a cola para madeira é a melhor opção

Seja para a construção de um novo móvel, para um conserto ou para uma restauração, é preciso estar preparado para a hora de usar cola para madeira.

É importante estar bem informado a respeito dos produtos adequados e dos cuidados necessários, a fim de que o serviço saia como o planejado e a peça tenha a durabilidade esperada.

Por isso, apresentaremos aqui o que você precisa saber para usar cola para madeira em seus projetos.

Primeiramente, lembre-se de que é importante conhecer os tipos de colas disponíveis no mercado e, ainda, avaliar qual o material a ser colado.

Escolher a cola ideal para o tipo de superfície a ser trabalhada com certeza garantirá um resultado mais eficiente, duradouro e profissional.

Entre as dicas valiosas na hora de escolher a cola está: fique de olho na função do produto (para que tipo de material é indicado) e nas informações a respeito da duração, da resistência, dos efeitos estéticos (transparente, sem transparência) e das condições de uso.

Tipos de cola

Veja a seguir os tipos mais indicados de cola para aplicar em madeira.

Hide glue

De origem animal, a hide glue é encontrada em duas versões: em formato de grânulos e líquida. Para usar o produto em grânulos, é necessário aquecê-lo em uma panela com água e, depois, usar um pincel para a aplicação.

Já na versão líquida, ela vem em tubo. Você pode usá-la como a cola PVA. Não tem muita resistência à água, mas é muito usada por luthiers (que já falamos aqui) e em restauração de móveis antigos.

Acetato de Polivinila (PVA)

Nessa categoria está a famosa cola branca que usamos na escola, bem como a cola para madeira amarela. O PVA vem em uma emulsão com água e a união das peças só ocorre quando a água evapora e a cola seca.

Indicada para materiais porosos, como madeira, papel e alguns tipos de tecidos, é uma cola fácil de manusear e, se aplicada de maneira adequada, oferece boa resistência. Além disso, não causa muita sujeira.

Porém, é um produto solúvel em água, portanto não é recomendada para uso em peças que ficarão em ambientes úmidos ou em áreas externas.

Cola Termoplástica

Essa substância é também conhecida como cola quente. É usada com um aplicador, que possui uma resistência elétrica que, quando acionada, esquenta e derrete a cola.

É considerado um produto versátil e é indicado para diversos tipos de material. A desvantagem é que essa cola não é indicada para produtos que ficarão expostos ao calor nem para superfícies muito lisas, como azulejos e vidros.

Cianocrilato

A cola de cianocrilato ou supercola pode ser usada na colagem de madeira. A maior vantagem do produto é a colagem quase instantânea.

O problema de usar essa cola em madeira é que, quando ela seca, fica dura e pode quebrar sob impacto.

Por isso, a cola de cianocrilato é mais usada para colagens temporárias, como quando você precisar segurar duas peças de madeira juntas enquanto segue em frente com o trabalho.

Cola de Poliuretano

Essa cola cura pela umidade e se expande, por isso é indicada para preencher espaços. A secagem do produto é relativamente rápida e forma um filme, como uma superfície dura. Ela é impermeável, mas não é simples de lidar e não limpa fácil.

Depois de conhecer os tipos de cola, é importante ficar por dentro de aspectos que podem influenciar diretamente no desempenho dos adesivos.

A umidade é um desses pontos, pois adesivos são à base d’água e curam à medida que essa substância evapora ou penetra na madeira.

A umidade também influencia no processo de secagem: a madeira úmida pode retardá-lo, o que pode resultar também em defeitos, rachaduras, empenamentos ou até descolamento, caso não seja considerada.

Outra dica é que o local de armazenagem da peça colada também deve ter a umidade controlada.Agora que você já sabe tudo isso,já pode partir para a compra! Veja no site do Marceneiro Expresso sugestões das melhores marcas e dos melhores preços de colas para madeira.

Postagens recentes
Comentário
  • Gilberto Cipolla
    Responder

    Rodopas cola para construção civil ,usada em argamassa ,chapisco fiz um teste em madeira
    Nunca mais quero outra !!

Deixe um comentário