Lixas e lixadeiras para um acabamento perfeito

Ao ver uma bonita peça de marcenaria, muitas vezes não nos damos conta de todo o processo até ela ficar pronta. Indispensável para um acabamento perfeito, as lixadeiras do objeto merecem atenção. Há lixas e lixadeiras de vários tipos e para situações diversas, por isso preparamos esse texto com orientações rápidas e práticas para auxiliar nessa tarefa. Acompanhe!

Para que servem as lixas

As lixas são utilizadas para polir, nivelar, corrigir e uniformizar superfícies novas ou em processo de reforma ou restauração.
De acordo com especialistas, elas têm a função de eliminar imperfeições, contaminantes, brilho e auxiliar a aderência entre demãos, no caso de pinturas, facilitando o acabamento ideal.

A escolha da lixa

Há vários tipos de lixas disponíveis no mercado. As mais comuns são lixa d’água, lixa para madeira, lixa para ferro e lixa para massa.
Ao buscar um desses produtos, você verá que o número pelo qual a lixa é identificada indica a sua granulometria, que determina a capacidade de desbaste. Quanto mais grosso for o grão, menor é o número da lixa.
Se você trabalha com madeira, o mais indicado é o uso de lixas de grão 36 a 400:
Grão mais grosso 36 – 40 – 50
Grão mais fino 320 – 360 – 400
Especialistas chamam a atenção para a sequência de uso de cada número de lixa. A grana seguinte não pode exceder mais que 50% do grão usado anteriormente: se o trabalho foi iniciado usando grana 80, a próxima lixa deverá ter 50% a mais de 80, isto é, 120.

Lixadeiras

O uso de lixadeiras elétricas é indicado, por garantirem facilidade e rapidez ao trabalho. Elas podem ser encontradas com ou sem fio, em várias opções de tamanho.
Profissionais da área garantem que as lixadeiras portáteis são ferramentas indispensáveis, pois permitem alcançar todos os cantos, poupar tempo e esforço.
As mais comuns para uso amador são a lixadeira de cinta, a orbital e a roto-orbital. Muitos profissionais marceneiros normalmente usam a lixadeira de cinta deve ser utilizada em áreas mais extensas, pois é um equipamento que possui velocidade e força bruta. É um tipo de lixadeira que serve para superfícies horizontais.
A lixa em formato de cinta permite a retirada de grandes quantidades de materiais e a remoção de acabamentos, por isso é indicada para os trabalhos mais difíceis.
Já as lixadeiras orbitais são recomendadas para acabamentos leves. São fáceis de controlar com uma mão e trepidam pouco, um modelo muito bom para os adeptos do “faça você mesmo”.
As roto-orbitais são semelhantes às orbitais – a diferença é que a roto-orbital tem a lixa redonda. Diferente da orbital [que tem a lixa quadrada], ela vibra e gira em pequenos círculos, o que permite que seja utilizada para remoção de materiais e lixamentos mais suaves.

Eficiência

As lixadeiras são consideradas equipamentos seguros, mas você não deve deixar de lado as medidas de segurança durante o uso deles. Para utilizar as lixadeiras com eficiência, é importante observar qual é a lixa correta para o material que se pretende trabalhar.
Ficou com alguma dúvida? Entre em contato conosco!

BOX

Orientações de uso – A lixa para cada material
As lixas são produzidas com grãos ou granas diferentes, para aplicação em diversos tipos de material. Saiba com qual você precisa trabalhar:

MDF

Inicie o lixamento a partir da grana 150 em lixas de papel ou pano. A grana final depende do acabamento desejado, mas normalmente é de 280.

Aglomerado e compensado

Em desbastes pesados e em lixadeiras de cinta larga, é recomendada a utilização de costado de pano e abrasivo carbureto de silício ou zirconado, nos grãos 40 a 80. Nas operações de acabamento, utilize lixas de papel, e de preferência, óxido de alumínio cerâmico. Nos semi-acabamentos, escolha granas de 80 a 180 e, no acabamento, de 180 a 320. Os grãos 60 e 120 combinados são os mais comuns no processo de lixamento de compensados.

Madeira Maciça

A lixa mais indicada é a de óxido de alumínio zirconado. Use os mesmos costados e granas indicados para aglomerado e compensado.

Lâminas de madeira

Calibre os painéis no máximo uma hora antes da aplicação da cola e colagem das lâminas. Evite o vazamento de cola na lâmina, pois isso aumenta o empastamento e prejudica o acabamento da peça, além de reduzir a vida útil da lixa. Utilize a sequência de lixas: 120, 180, 220 ou 280.

banner_ecommerce

Postagens recentes
Comentário
  • Celio Ferraro Drigo
    Responder

    tenho uma lixadeira einhell vermelha 220v 850, pela lixa 533×75 ,voces o pode me informar no ponto 1 qual a velocidade da maquina, ou qual velocidade maxima dela no ponto 6, voces podem me informar tambem que pela granulação da lixa para madeira qual a velocidade mais ou menos que a lixadeira de cinta deve ter

Deixe uma resposta para Celio Ferraro Drigo Cancelar resposta