Movimento do faça você mesmo nestas férias

Férias, época de aproveitar o tempo livre com a família! E também de curtir a casa, de tirar ideias do papel, de começar algo novo, de se aventurar. Pensando nisso, propomos a você uma experiência inspiradora! Já pensou em aderir à cultura do faça você mesmo e produzir peças e móveis do jeitinho que você sonha para sua casa? E que tal fazer isso reunindo a família?

Lançamos aqui um Movimento: Faça você mesmo nestas férias! Chame todo mundo e comece agora. Dê um novo sentido a esse tempo junto daqueles que você ama!

Originário da sigla DIY (do it yourself, em inglês), o movimento “faça você mesmo” conquista cada vez mais adeptos. Seja pelo prazer de criar algo com as próprias mãos, pelo desafio de iniciar uma nova atividade, encontrar um hobby ou pela economia de não precisar chamar um profissional, entrar nessa onda acarreta uma série de vantagens.

E nada melhor do que um tempo livre – como o período de férias – para colocar a mão na massa.

Quando o hobby trata-se de marcenaria, toda a família pode estar envolvida – até mesmo as crianças, que podem colaborar nas etapas adequadas para a idade delas. O que vale é o prazer de passar mais tempo com os filhos, os familiares e os amigos. Além disso, todos podem contribuir com ideias.

Faça você mesmo

E são tantas possibilidades! Por exemplo, uma estante, nichos ou cabides coloridos para o quarto dos filhos, são propostas que podem envolver as crianças na escolha dos modelos e cores e também na pintura – lembre-se de consultar se o tipo da tinta utilizada pode ser usada por crianças.

Banquetas e mesinhas também podem trazer um novo charme aos espaços, além de serem muito úteis. Da mesma maneira, os outros cômodos da casa podem ganhar novos objetos.

Já pensou em incrementar o seu quarto, a sala ou o banheiro com alguma peça exclusiva? A lista de sugestões inclui cabideiros, sapateiras, estantes, molduras etc.

E a cozinha e a garagem são áreas que, com certeza, estão sempre precisando de móveis e acessórios para facilitar a vida dos moradores. Podemos pensar novamente em estantes, pequenos armários, nichos, porta-objetos, mesas e por aí vai.

Também vale pensar em restaurar móveis antigos de família, peças garimpadas em feiras e antiquários, aquele armário sem graça no canto da sala. Opções não faltam. De pequenas a grandes peças, são novos objetos que podem repaginar os ambientes!

Em família

Produzir objetos em família é uma atividade que, além de útil, pode ser bastante agradável, pelo fato de estarem juntos trabalhando para contribuir com a decoração do próprio lar.

Com um pouco de criatividade e ajuda de todos, é possível ter muita diversão nestas férias. Afinal, quem disse que é preciso viajar ou sair de casa para curtir esse merecido momento?

Especialistas afirmam que essas atividades em conjunto promovem o fortalecimento dos laços entre pais e filhos e entre irmãos. Além disso, é uma ótima oportunidade de aprendizado e de troca de conhecimentos entre todos. No caso das crianças, o fator “novidade” que o “faça você mesmo” garante ainda traz uma motivação a mais.

Outra afirmação dos especialistas é que atividades que envolvem mente e ação, como os trabalhos manuais, podem ser ótimas para relaxar, desenvolver a criatividade e a paciência e combater a ansiedade. E, depois de tudo pronto, ainda despertam a autoestima: “eu que fiz” ou “nós que fizemos”.

Mão na massa

Para que a atividade atinja o resultado esperado, é preciso planejamento e organização. Primeiramente, defina qual o móvel (ou móveis) com o qual você deseja trabalhar. Avaliar o espaço em que ele será colocado e tirar as medidas é um passo essencial.

Especialistas também recomendam que você escolha algo de acordo com suas habilidades. Depois de definir quais objetos serão criados ou reformados, será a hora de buscar os materiais e equipamentos necessários. No site www.marceneiroexpresso.com.br você encontra ferramentas e peças para por em prática suas ideias. Geralmente, um projeto de marcenaria envolve a compra de madeira e ferragens.

Na hora de fazer a base da peça ou recorte, é importante basear-se em um plano de corte, como indicam especialistas e sites voltados à marcenaria. Recomenda-se que os cortes em chapas de MDF, madeira ou outros materiais sejam feitos por quem já tem experiência na atividade.

Uma alternativa é solicitar o corte a um profissional ou na loja em que você comprar a chapa.

A montagem da peça é o próximo passo. É aí que você e os envolvidos irão dar forma ao móvel ou objeto. Essa etapa exige atenção e cuidado, mas é considerada prazerosa pelos amantes da marcenaria. O acabamento é o passo final e tem a função de proteger a peça e dar a ela uma cara personalizada, pois é o momento da customização.

Férias e casa repaginada

Por fim, a hora da satisfação em ver o objeto pronto! Contemplar a peça que você e sua família fizeram e que estará por muito tempo em sua casa pode ser realmente motivador. E com o passar dos anos, lembrar da história que esse objeto carrega será sempre prazeroso. Quem não gosta de relembrar coisas que fazia quando criança, com os irmãos, os pais, os avós ou os amigos?

A hora é agora. Em tempos de internet, jogos digitais e celulares, arrumar um hobby como a marcenaria, que pode envolver toda a família, é muito gratificante. Boa diversão! E se tiver alguma dúvida a respeito de materiais, consulte nossa página: www.marceneiroexpresso.com.br

Postagens recentes
Comentário
Conexões

Deixe um comentário